Novo Modelo de Liquidação

O novo modelo de liquidação da Câmara Integrada preserva integralmente as características do esquema atual, que são parte do alicerce do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB). Assim, continuará sendo permitido liquidar operações pelo saldo líquido multilateral ou pelo valor bruto, conforme as características da operação e do mercado. Para a liquidação de operações pelo saldo líquido multilateral, a Câmara da BM&FBOVESPA se manterá como contraparte central garantidora, assegurando a continuidade do processo de liquidação mesmo em caso de inadimplência de um ou mais participantes. A liquidação das operações pelo saldo líquido ou pelo valor bruto conservará seu caráter irrevogável e final e seguirá atendendo ao princípio de entrega contra pagamento ou pagamento contra pagamento, eliminando-se, assim, o risco de principal. A liquidação de recursos financeiros continuará a ser feita em moeda reserva por meio de contas de liquidação mantidas junto ao Banco Central e de acesso direto ao Sistema de Transferência de Reservas (STR).

Conheça as principais características do novo modelo de liquidação